Pesquisar este blog

Carregando...

14.11.12

Vila


São dois andares, três quartos, dois banheiros, meia cozinha, uma sala, um quartinho de fundos, alguma muvuca.

Dois Sancho - muito pança -, nenhum Quixote. Um nu, duas cópias e um retrato. O retrato segue a gente com os olhos. Duros.

Duas gatas, seis cachorros, três crianças, cinco avós. Uma divorciada, um alcoólatra, uma viúva, uma incógnita, um charme.

Muitos carros, todos caros, todos gastos.

É uma vila, quase uma ilha. Todos em paz.

18.6.12

Sou aquela que toma dois Stilnox de 20 mg e não dorme.

Que tem tanto medo de não conseguir dormir - porque sabe que não vai conseguir - que depois de tomar os dois comprimidos à meia-noite vai lavar a louça e à uma da manhã põe a roupa na máquina. Depois senta no sofá e pensa: e agora? Água sanitária no chão da cozinha ou organizar os livros da estante por autor?

Sono? Presente. Cair no sono? Vai sonhando...

11.6.12


liquidação de cérebros:
bom e barato.
é só pegar.

liquidificação de cérebros.
bom, é barato.
E nem precisa pegar.

coisificação do cérebro.
bom...que ba-rat...
vai pegar?

22.5.12

Nada contra

‎"Não tenho nada contra homofóbicos. Eu, inclusive, tenho muitos amigos que são. O problema é que tem uns homofóbicos escandalosos, que não conseguem ser discretos. Ficam dando pinta que não gostam de gay, sabe?"
Nada contra


18.3.12

Ericson Pires.



Ericson falou e disse e fez. Depois falou mais. Bons sonhos poeta.


Poema em feitio de oração - Ericson Pires
para Zé Celso

Santo Santo Santo
3 x Santo
Rio São Sebastião
Geral Sebastião
Não vejo outro Rio
O Rio vira Mar

Santo Santo Santo
3 x Santo
Cidade de retalho
Flechada
Villegaignon
A baía é uma latrina
Guanabara

Santo Santo Santo
3 x 3
20 do 01
40 graus
7 flechas
Cidade aberta
Cidade fechada
O último Tamoio

Santo Santo Rio
Praia lotada
Sub Urbe caos
Estácio de Sá
Flechado
Praia
Rio Sebastião
Caos

Santo São Santo
Corte de lixo
Flamengo
Globo = biscoito
Era no tempo do Rei... era no tempo do Rei
Já era...
Só vejo flechas

São São Sebastiões
Em cada esquina
Em cada barraco
Em cada papelão
São Sebastiões
Flechados
Ignorados
Ofendidos

Sebastiões
Sem terra
Com fome
Sorrindo
Com a boca banguela
Da docidade maravilhosa

Sou Sou Sou Sou Sou
Sebastião sorrindo
Amarrado flechado
Na solar guanabara
ê, ê
Terra de índio brabo.



Ericson Pires nasceu no Rio de Janeiro. É poeta, performer. Fundador do Grupo Hapax, também é editor da Revista Global Brasil e militante da Rede Universidade Nômade. Doutor em Estudos de Literatura pela Puc-Rio é Professor Adjunto do Instituto de Artes da UERJ e participa do PACC (Programa Avançado de Cultura Contemporânea) da ECO-UFRJ. Publicou Cinema Garganta, em 2002; Cidade Ocupada, 2007 e Pele Tecido em 20 10.

13.3.12

ECAD, me processa!

Não sou muito de levantar bandeiras. Mas às vezes não é bandeira, é realidade cretina. E sou muito contra cretinice. Então tô dentro: ECAD, me processa!



O Astronauta (Samba da Pergunta), de Pingarrilho de Marcos Vasconcellos

Links:
Ecad cobra taxa mensal de blogs que utilizam vídeos do YouTube
http://oglobo.globo.com/cultura/ecad-cobra-taxa-mensal-de-blogs-que-utilizam-...

Nota oficial do Youtube sobre o caso
http://youtubebrblog.blogspot.com/2012/03/sobre-execucao-de-musica-em-videos-...

Ecad terá de indenizar por cobrar valor de noiva
http://www.youtube.com/watch?&v=G_ysqD7zluc
http://www.conjur.com.br/2012-fev-29/ecad-indenizar-cobrar-direito-autoral-fe...

Ecad não pode cobrar por música em quartos de hotéis
http://www.conjur.com.br/2011-dez-05/ecad-nao-cobrar-execucao-musica-quartos-...

CPI aprova a quebra de sigilo fiscal do Ecad
http://www.conjur.com.br/2011-out-19/cpi-aprova-quebra-sigilo-fiscal-tres-dir...

Eventos não lucrativos também pagam para tocar música
http://www.conjur.com.br/2011-ago-08/festas-nao-lucrativas-tambem-pagam-music...

Como se livrar da cobrança da taxa da ECAD
http://www.conjur.com.br/2011-jul-27/livrar-cobranca-taxa-ecad-festas-casamento

Ecad não pode regular multas por uso de músicas
http://www.conjur.com.br/2011-jul-27/ecad-nao-determina-multas-uso-musicas-au...

Prefeitura paga direito autoral por música em rodeio
http://www.conjur.com.br/2011-jul-07/prefeitura-pagar-direitos-autorais-execu...

MJ pede condenação Ecad por arrecadação unificada
http://www.conjur.com.br/2011-jul-03/mj-condenacao-ecad-arrecadacao-unificada...

Ecad pode proibir rádio inadimplente de tocar música
http://www.conjur.com.br/2011-jun-30/tj-rs-proibe-radio-inadimplente-ecad-toc...

Bares e restaurantes com TV e rádio devem pagar Ecad
http://www.conjur.com.br/2011-jun-08/bares-restaurantes-tv-radio-pagar-ecad-d...

Hotéis e motéis não devem pagar por direitos autorais
http://www.conjur.com.br/2011-abr-17/hoteis-moteis-nao-sujeitos-passivos-dire...

Em evento religioso, música não rende direito autoral
http://www.conjur.com.br/2011-abr-01/eventos-religiosos-musica-nao-rende-dire...

TVA SP deve pagar direitos autorais ao Ecad
http://www.conjur.com.br/2010-dez-17/tva-sp-pagar-255-renda-arrecadada-comerc...

Estado não pode se apropriar de criação intelectual
http://www.conjur.com.br/2010-ago-06/estado-nao-poder-apropriar-criacao-intel...

Radioweb viola direito autoral e deve pagar Ecad
http://www.conjur.com.br/2010-mai-20/lei-protege-direitos-autorais-plataforma...

Direitos autorais são pagos em eventos gratuitos
http://www.conjur.com.br/2010-mar-29/direitos-autorais-pagos-mesmo-shows-grat...

Clubes pagam direitos autorais por festa de carnaval
http://www.conjur.com.br/2010-mar-10/clubes-recreativos-pagar-ecad-baile-carn...

TJ-SP manda prefeitura pagar direitos autorais
http://www.conjur.com.br/2010-fev-24/tj-sao-paulo-manda-prefeitura-pagar-dire...

Ecad consegue liminar para suspender músicas
http://www.conjur.com.br/2010-fev-12/ecad-liminar-suspender-musicas-blocos-ca...

Tocar música em casa noturna não é crime
http://www.conjur.com.br/2010-jan-16/tocar-musica-discoteca-mesmo-pagar-direi...

Cinema é condenado a pagar direitos autorais
http://www.conjur.com.br/2010-jan-12/cinema-arteplex-condenado-pagar-25-fatur...

UFMG não pagará direito autoral por evento sem lucro
http://www.conjur.com.br/2010-jan-05/ufmg-nao-pagara-direito-autoral-evento-g...

Rádios comunitárias devem pagar direitos ao Ecad
http://www.conjur.com.br/2009-fev-09/radios-comunitarias-sp-pagar-direitos-ec...

TVA é condenada a pagar R$ 20 milhões em direitos autorais
http://www.conjur.com.br/2008-abr-24/tva_pagar_20_milhoes_direitos_autorais

Como ficam os direitos autorais com o problema dos ringtones?
http://www.conjur.com.br/2008-abr-10/ficam_direitos_autorais_ringtones

STJ obriga Ecad a depositar R$142 milhões para músicos
http://www.conjur.com.br/2007-nov-28/stj_obriga_ecad_depositar_r142_milhoes_m...

Oktoberfest deve pagar R$ 126 mil ao Ecad por direitos autorais
http://www.conjur.com.br/2007-out-20/oktoberfest_pagar_direitos_autorais_ecad

Parabéns é a música que mais arrecada direitos autorais
http://www.conjur.com.br/2007-mar-31/parabens_musica_arrecada_ecad

Projeto de Lei prevê extinção do Ecad
http://www.conjur.com.br/2002-fev-13/ecad_substituido_conselho_federal

Ecad pode cobrar direito autoral por músicas desconhecidas
http://www.conjur.com.br/2000-nov-24/ecad_cobrar_musicas_dizer_quais

Artistas questionam lei dos direitos autorais
http://www.conjur.com.br/1998-jun-05/artistas_contestam_lei_direitos_autorais

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9610.htm

http://www.ecad.org.br

http://www.caligraffiti.com.br

http://arquivodemusica.blogspot.com/

http://www.creativecommons.org.br/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:CC-logo.svg

17.9.11

aí vou levantar da cama, me espreguiçar, por qualquer coisa com tênis e correr. na praia.

mentira.

aí vou acordar, sentar na beira da cama, por o chinelo e fazer o café.

mentira.

aí vou acordar, descer descabelada, matar o resto do iogurte e me largar no sofá.

mentira.

aí vou acordar. virar de lado e dormir de novo.

bom dia.

5.9.11

Se tem alguém que fez um instantâneo preciso (e precioso) da produção literária atual foi o Ramon. Vale muito conferir: ramonmello.com.br

8.6.11

O Livro sobre Nada
Manoel de Barros. 


Com pedaços de mim eu monto um ser atônito.

Tudo que não invento é falso.

Há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira.

Não pode haver ausência de boca nas palavras: nenhuma fique desamparada do ser que a revelou.

É mais fácil fazer da tolice um regalo do que da sensatez.

Sempre que desejo contar alguma coisa, não faço nada; mas se não desejo contar nada, faço poesia.

Melhor jeito que achei para me conhecer foi fazendo o contrário.

A inércia é o meu ato principal.

Há histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

O artista é um erro da natureza.  Beethoven foi um erro perfeito.

A terapia literária consiste em desarrumar a linguagem a ponto que ela expresse nossos mais fundos desejos.

Quero a palavra que sirva na boca dos passarinhos.

Por pudor sou impuro.

Não preciso do fim para chegar.

De tudo haveria de ficar para nós um sentimento longínquo de coisa esquecida na terra — Como um lápis numa península.

Do lugar onde estou já fui embora.

E precisa de mais? Claro que não.

19.3.11

Figura e Fundo

Os livros, as cadeiras, as mesinhas: lembranças. A presença de uma história. E trazem a presença de. Então a partida se torna mais suportável. Os objetos de uma vida inteira, nessa nova casa, não se descaracterizam. Iniciam uma nova história, um novo compêndio de lembranças. Se tornarão no futuro a lembrança e a presença de outros. A minha talvez. Nessa nova casa a história que eles carregam não se perde. Se soma a uma nova, que tem início agora.

24.2.11

Doação de sangue para minha avó

Amigos,

Minha avó está internada na Casa de Saúde Santa Bárbara (Botafogo) e já recebeu bolsas de sangue. Estamos precisando de doadores. Caso alguém possa ajudar, a coleta é feita no Hospital da Ordem Terceira da Penitência, no seguinte endereço: Rua Conde de Bonfim, nº 1033 - Banco de Sangue - Tijuca - RJ
Tel: (21) 3294-8884 / 3238-9238

Horário de Atendimento:
Segunda a sexta, das 7:30h às 16h

Quando for doar, o hospital pede que indique o nome da paciente. Minha avó é Anita Andrade Gomes Pereira e está internada no CTI da Casa de Saúde Santa Bárbara.

Agradeço a quem puder ajudar e a quem puder divulgar.

Beijos pra todos,
Priscila

15.1.11

Leio Caio



Então é isso. O ano acabou, o ano começou. E eu continuo em branco. Não tenho vontade de escrever, então leio. Estou apaixonada por Caio F. Completamente. Poderia passar três dias trancada lendo. Mas faz sol e faz chuva e eu vou pra rua. Porque os dias são mais longos e a noite tarda e o fim da tarde - o fim da tarde é silêncio reconfortante. Então vou pra rua. E não escrevo. Leio. Leio Caio.


A foto é do Veríssimo. O Marcos.

21.11.10

Marcos Veríssimo:

Ruminando - http://ruminando.wordpress.com/

Ter estudado no Cap foi mesmo um privilégio.

5.10.10

os edifícios parecem tão altos. os pés se afundam na calçada, sob a chuva. tão fria, tão fina. a estrada tão distante. meus pés tão no chão.

leve. muito leve.


O tempo passa rápido e eu sorrio.




-----------------------------------------------------

- Por que você não tem atualizado o blog?
- Porque a vida toma muito tempo.


12.9.10



A paciente não reconheceu o entregador de frutas. Demonstrou evidente confusão mensal.
Obs: tentou fazer o pagamento com biscoitos.

29.8.10

O Relatório Ota do Sexo



O cartunista Ota, que entre outras coisas foi editor da MAD por mais de 30 anos, está lançando pela editora Leya Cult/Barbanegra seu livro O Relatório Ota do Sexo.
Quer um preview do livro? Tá aqui.
Quer comprar pela internet? Tá aqui.
É do Rio e quer um desconto? Pra já.

O meu vou querer com autógrafo. Comprem, leiam e depois me contem.

28.4.10

Laranjeiras durante a minha adolescência inteira, como se não bastasse a falta de ônibus a partir das nove da noite, não tinha necas para se fazer.

Agora tem vários barzinhos, dois restaurantes/pizzarias razoáveis, umas cafeterias e delicatessens bacanas, vinho e champagne. E duas boites (de garotada, mas tem). Ah, e o chorinho no dia da feira!

Mas isso tudo é beeeeem recente. Morar em Laranjeiras era como morar numa tumba.Só tinha velhinho, babá e bebê. Um saco. Continua cheio de velhinhos, babás e bebês. E garotada. Mas agora também tem pessoas interessantes em cafés charmosos. Bem melhor...

26.4.10

Sarcasmo Involuntário

"Eu hoje aprendi que se a gente não tiver dinheiro para comprar um advogado o governo dá um pra gente."

Em rede nacional! Uns 10 anos? Cara, sou fã.

7.4.10

roxo



Chuva enviesada, da esquerda para a direita. O vento de trás pra frente. E a lama da poça que o ônibus atropela. No meio desse lamaçal ocre, marrom e cinza, meu guarda-chuva roxo alegra o dia. Roxo. A cor do clero, da nobreza, da prosperidade, da depressão, das orquídeas e do luto. Na última contagem, estávamos em 120. Mas na Presidente Vargas meu guarda-chuva roxo alegra meu dia.

4.3.10

O pinguelo do Aurélio

Segundo o Aurélio, resumidamente:

Pinguelo (s.m.) - 1.(chulo) O pênis. 2. (chulo) O clitóris.

E a minha preferida:

3. Antiga designação do partido liberal monárquico e de seus sectários.

Chulo.

O problema

As calcinhas dele eram mais rendadas que as minhas.

24.2.10

O ponto do silêncio

Kandinsky:

(...) Assim, o ponto geométrico é, de acordo com nossa concepção, a derradeira e única união do silêncio e da palavra.

É por isso que o ponto geométrico encontrou sua forma material em primeiro lugar na escrita - ele pertence à linguagem e significa silêncio.

E ponto final.

19.2.10

Nada não

Já que a vida escorre vou criar mitos.

Tanta sobriedade inebria.

Pensamentos etílicos no autoexílio da lucidez.

18.2.10

15 de fevereiro de 2010

Meu Caríssimo Amigo,

Só por hoje falo o silêncio. Você está bom? Tudo vai bem? Por aqui segue o oco. Ao que parece, hoje só lembranças. Vários momentos, edição não-linear, sem pontos de interseção. Lambidas. Muitas estórias e histórias nesses poucos metros quadrados. Muito papel em branco. muito papel passado. Muito passado. Muito. Sinto muito (mentira, sinto não).

Caríssimo Amigo, lembra quando fomos? Já faz tanto tempo... muito tempo. Muito. Te digo, Caríssimo Amigo, que a caneta desliza pelo papel e é tão bom que já não importa o que sai dali. Todas as palavras já foram ditas, escritas, lidas e relidas. E refletidas. E questionadas. E revisitadas. E reinventadas. Então a caneta no papel é para cumprir a função da caneta de canetar. Do papel de arrebanhar cada rabisco. O que é do papel que não escrito? Mas então, como eu ia dizendo... não-linear. Corte-seco. Telegráficos sejamos. Tempos de MSN. Literatura em 140 caracteres: kra uq vc vai faZr? UAHUAHUAH! :) ;) :D

Caro Caríssimo Amigo, hoje te peguei na estante e lembrei de Manoel dizendo "eu não queria dizer nada". Bendito seja o Manuelês. Devemos todos Monumentar o Barros. Monumentemos o Barros!

Caro Caríssimo Amantíssimo Amigo: não pulo carnaval, não sou carne de sol e pouco me importa a inexistência dos vinte e dois desocupados que gastam noventa minutos correndo atrás de uma bola. Eles estão com a vida ganha com seus salários milionários, suas aflicetas oxigenadas e seus rebentos extraconjugais com pensões estratosféricas. Eu, extasiada com tanta repetição: o futebol é uma caixinha de surpresas, agente damos tudo pelo time e pelo popozão da mulher fruta consumidora padrão de Blondor. Agente vestimos a camisa, mas agente não vestimos camisinha. Agente vestimos aparelho nos dentes. Agente somos foda! Somos penta! É-CAM-PE-ÃO!

Caríssimo amigo, não devolvi o seu CD e nem vou devolver. E nem lamento. Bota na conta. Na conta do tempo, na conta da intimidade, na conta, na conta. Bota na conta.

Tenho pensado muito no silêncio. Tenho vivido o silêncio. Vestido, sorvido, engolido, deglutido o silêncio, silenciosamente. Acho que lá da esquina dá pra ouvir esse silêncio todo reverberando em graves e agudos, em graves e agudos, em graves e agudos - ritornello.

||: Acho que lá da esquina dá pra ouvir esse silêncio todo reverberando em graves e agudos, em graves e agudos, em graves e agudos - ! :||

Essa noite o silêncio mordeu minha virilha, passou a mão na minha bunda e mordeu a minha nuca. O silêncio me comeu. E eu gostei. O silêncio é foda.

Meu amado amantíssimo Caro Amigo, saudades de você, do BG, dos porres homéricos (diz um amigo que certas palavras só existem em função de uma outra específica. Por exemplo: porre homérico. Não existe sono ou fome homérica. Homérico só o porre. Pra mim, a fome é de cão). Mas o BG e os porres homéricos não me cabem mais. Cabem você, as estórias, as histórias, as lembranças e as lambidas.

Carerérrimo Amigo, sinto sua falta e dos dias de dezoito anos atrás.

Beijo na bunda,

Amém

19.12.09



Uma noite inteira sem dormir. Tensão. A gata sente o clima. A gata entra no clima. E em cinco minutos se transforma num canguru cheirado que sobe-pela-tela-pula-na-estante-quebra-o-pote-vira-a-lata-de-lixo-puta-que-pariu! Miiiiiiiiiiiiiia. E Miiiiiiiiiia.

Vou ser defenestrada do prédio.

A pergunta que não quer calar: Catarina é a única felina que só responde com sobrenome? Catarina Ai Caralho, venha cá!

-------------------------------------------------------------

Co-dependente =