Pesquisar este blog

17.9.11

aí vou levantar da cama, me espreguiçar, por qualquer coisa com tênis e correr. na praia.

mentira.

aí vou acordar, sentar na beira da cama, por o chinelo e fazer o café.

mentira.

aí vou acordar, descer descabelada, matar o resto do iogurte e me largar no sofá.

mentira.

aí vou acordar. virar de lado e dormir de novo.

bom dia.

5.9.11

Se tem alguém que fez um instantâneo preciso (e precioso) da produção literária atual foi o Ramon. Vale muito conferir: ramonmello.com.br

8.6.11

O Livro sobre Nada
Manoel de Barros. 


Com pedaços de mim eu monto um ser atônito.

Tudo que não invento é falso.

Há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira.

Não pode haver ausência de boca nas palavras: nenhuma fique desamparada do ser que a revelou.

É mais fácil fazer da tolice um regalo do que da sensatez.

Sempre que desejo contar alguma coisa, não faço nada; mas se não desejo contar nada, faço poesia.

Melhor jeito que achei para me conhecer foi fazendo o contrário.

A inércia é o meu ato principal.

Há histórias tão verdadeiras que às vezes parece que são inventadas.

O artista é um erro da natureza.  Beethoven foi um erro perfeito.

A terapia literária consiste em desarrumar a linguagem a ponto que ela expresse nossos mais fundos desejos.

Quero a palavra que sirva na boca dos passarinhos.

Por pudor sou impuro.

Não preciso do fim para chegar.

De tudo haveria de ficar para nós um sentimento longínquo de coisa esquecida na terra — Como um lápis numa península.

Do lugar onde estou já fui embora.

E precisa de mais? Claro que não.

19.3.11

Figura e Fundo

Os livros, as cadeiras, as mesinhas: lembranças. A presença de uma história. E trazem a presença de. Então a partida se torna mais suportável. Os objetos de uma vida inteira, nessa nova casa, não se descaracterizam. Iniciam uma nova história, um novo compêndio de lembranças. Se tornarão no futuro a lembrança e a presença de outros. A minha talvez. Nessa nova casa a história que eles carregam não se perde. Se soma a uma nova, que tem início agora.

24.2.11

Doação de sangue para minha avó

Amigos,

Minha avó está internada na Casa de Saúde Santa Bárbara (Botafogo) e já recebeu bolsas de sangue. Estamos precisando de doadores. Caso alguém possa ajudar, a coleta é feita no Hospital da Ordem Terceira da Penitência, no seguinte endereço: Rua Conde de Bonfim, nº 1033 - Banco de Sangue - Tijuca - RJ
Tel: (21) 3294-8884 / 3238-9238

Horário de Atendimento:
Segunda a sexta, das 7:30h às 16h

Quando for doar, o hospital pede que indique o nome da paciente. Minha avó é Anita Andrade Gomes Pereira e está internada no CTI da Casa de Saúde Santa Bárbara.

Agradeço a quem puder ajudar e a quem puder divulgar.

Beijos pra todos,
Priscila

15.1.11

Leio Caio



Então é isso. O ano acabou, o ano começou. E eu continuo em branco. Não tenho vontade de escrever, então leio. Estou apaixonada por Caio F. Completamente. Poderia passar três dias trancada lendo. Mas faz sol e faz chuva e eu vou pra rua. Porque os dias são mais longos e a noite tarda e o fim da tarde - o fim da tarde é silêncio reconfortante. Então vou pra rua. E não escrevo. Leio. Leio Caio.


A foto é do Veríssimo. O Marcos.